Translate

Promoção

sexta-feira, 9 de março de 2018

Ronda, Espanha

Ronda situa-se no cimo de uma montanha, a cerca de 100 km da cidade de Málaga, com uma população de aproximadamente 35 mil habitantes.

É uma das cidades mais bonitas e visitadas de Espanha (a terceira cidade mais visitada da Andaluzia) e é tida como a cidade-berço das touradas.


 
Foi Julio César quem declarou a cidade de Ronda (Acinipo) pela primeira vez, no século I aC. Quando as tropas mouras, sob o comando de Tarik-ibn-Zeyad, invadiram a região em 8C, uma das primeiras rotas que se seguiram foi o antigo romano, que liga Gibraltar com o assentamento romano de Acinipo.

Eles mudaram o nome da cidade para Izna-Rand-Onda - Ronda. As ruínas de Acinipo estão localizadas a 20 km da moderna Ronda.

O que visitar?

A Nova Ponte (Puente Nuevo)

Com vistas inesquecíveis sobre o Tajo de Ronda ( um profundo
desfiladeiro por onde corre o rio Guadalevín ao longo de 500 metros), o Puente Nuevo foi completado em 1793 e levou quarenta e dois anos para construir, permitindo ligar zona antiga de Ronda com a nova. Sem dúvida, é o maior e mais famoso monumento de Ronda.

O Parador está localizado ao lado da ponte e de lá pode contemplar uma perspetiva sobre o Tajo.


Através de um pequeno percurso, desça ao longo do curso do rio Guadalevín pelo Caminho dos Moinhos (Camino de Los Molinos). As vistas são espetaculares, e durante a primavera o vale é um tapete de flores.

Entrada: € 2.50

Praça de Touros de Ronda

A praça de touros da Real Maestranza é uma das mais antigas e pitorescas de Espanha. Foi construída em 1785 pelo arquiteto José Martín de Aldehuela, o mesmo arquiteto que construiu o Puente Nuevo. Tem capacidade para 5.000 espectadores.

A praça de touros tem um museu e visitas guiadas com áudio.




O preço do ingresso é de € 7 por pessoa e € 8,50 com áudio-guia.

Banhos Árabes

Os banhos árabes de Ronda são dos mais bem preservados de Espanha. Foram construídos no final do século 13 durante o reinado do rei Abomelik. A caldeira utilizada para aquecer a água ainda existe e permanece em boas condições. As aberturas no telhado em forma de estrela foram inspiradas nos banhos de Alhambra, em Granada.



Os banhos ficam localizados no quarteirão árabe da cidade, conhecido como a zona de San Miguel.

Endereço - Calle Molino de Alarcón, s / n.


Entrada: € 3,75 / pessoa

Palácio Mondragon

No Palácio de Mondragón encontra- o museu municipal e alguns jardins verdadeiramente excecionais. Construído em 1314 pelo Rei Abomelik, mais tarde foi usado como residência principal dos reis de Isabella e Ferdinand.



O museu é dedicado à história de Ronda, com exemplos de túmulos romanos e árabes. Os jardins são um paraíso de tranquilidade.


Endereço - Plaza de Mondragón, 5.

Entrada: € 3.75 / pessoa. Às terças-feiras a entrada é gratuita a partir das 15h para cidadãos europeus.

Palacio del Rey Moro y La Mina


Diz a lenda que esta era a residência do rei Almonated, sítio onde se diz que bebia o vinho diretamente dos crânios dos inimigos.. Embora investigações mais recentes indicarem que o rei nunca viveu no palácio. Os jardins foram desenhados pelo mesmo arquiteto francês que desenhou o Parque Maria Luisa em Sevilha, Jean Claude Forestier.


Os jardins dão acesso a La Mina, uma escadaria com 231 degraus que levam a um rio.

Durante vários séculos, La Mina foi a única fonte de água da cidade. Eram os escravos, que acorrentados, transportavam a água para cima.
Esta zona teve uma importância vital na história de Ronda. Foi a partir daqui que as tropas cristãs forçaram caminho em 1485.

Endereço - Calle Santo Domingo, 9

Muralhas árabes e portões da cidade

Ao longo da história, Ronda foi uma das cidades mais resistentes da Andaluzia. Em boa parte graças à sua posição geográfica, mas também devido a uma série de fortificações e acessos de proteção especialmente construídos pelos árabes durante a era islâmica. À medida que a cidade crescia, mais muralhas e portões eram construídos.



Aqueles que visitavam Ronda durante o período Muçulmano entravam para a cidade através da Ponte Árabe, o único acesso que dá para o centro da cidade e que hoje se faz por uma antiga Puerta de la Cijara. A portada para a maior e melhor protegida cidade era a de Almocabar. O seu nome vem do cemitério árabe (al-maqabir), que estava situado nesta parte da cidade. A porta de Almocabar encara o mar e Gibraltar, de onde se controlam todas as entradas e saídas por via marítima.


As paredes de Carmen foram recentemente renovadas. Ali se podem encontrar numerosos eventos culturais e é está situada a Igreja do Espirito Santo.

Plaza Duquesa de Parcent

A Plaza Duquesa de Parcent é a praça mais pitoresca de Ronda, e é muito rica em monumentos históricos. A igreja de Santa María la Mayor é a mais notável. Uma igreja que levou mais de 200 anos para construir e é uma mistura de estilos góticos e renascentistas.



Outros lugares recomendados são a Plaza del Socorro, a praça em frente à Puerta de la Almocábar e nos arredores da Calle Nueva.

Jardins de Cuenca

O Jardines de Cuenca estão localizados nas margens do Tajo e é distribuído através de uma série de terraços. As vistas são fantásticas e oferecem uma perspetiva única e diferente da cidade.



Os terraços foram dedicados à cidade irmã de Ronda: Cuenca. Foi assinado um acordo em 1975 entre ambas as cidades com este propósito urbanístico.

 Miradouro de Aldehuela e Balcón del Coño

Um dos pontos de vista mais populares da cidade e com uma boa razão. As vistas para o desfiladeiro, o Puente Nuevo e arredores são espetaculares.

O miradouro foi nomeado em homenagem ao arquiteto José Martín de Aldehuela. O mesmo arquiteto que construiu a praça de touros, a Ponte Nova e terminou a catedral de Málaga, entre outros projetos.



O miradouro de Balcón del Puno é outro que não deve ser desperdiçado. Dizem que todos os que olham para fora, exclama “¡coño!”.

Ruínas de Acinipo

A 20 km de Ronda ficam as ruínas do antigo assentamento romano de Acinipo. Há um grande teatro que data do século I dC. O nome 'Acinipo' significa a 'cidade do vinho', e foi uma das poucas cidades do Império Romano que fez com que o vinho fosse exportado para Roma.



Endereço - Carretera de Sevilla (20 km de Ronda). A entrada é gratuita.

Cueva del Gato, Benaoján

A Cueva del gato é o lugar para se refrescar após uma manhã quente a passear em Ronda.



Esta é a mais recente atração adicionada à lista de Monumentos Naturais da Andaluzia, com as piscinas naturais no rio que proporciona um lugar imbatível para mergulhar no meio da natureza. La Cueva de Gato fica a cerca de 20 minutos de carro do centro de Ronda.


Setenil de las Bodegas

O que mais chama a atenção nesta vila gaditana é a forma como se desenvolveu num desfiladeiro mesmo por baixo de rochedos imensos escavados pelo rio. Aqui não se abriram grutas na rocha para criar as casas, antes foram aproveitadas as saliências resultantes da erosão.

Vale a pena passear pelas ruas brancas de Setenil de las Bodegas como a rua de las Cuevas de la Sombra e de las Cuevas del Sol para ver o engenho dos povos antigos e a sua adaptação à topografia local.



Setenil fica a uns meros 15km de Ronda.

Como chegar?

De carro: a melhor é ir até Sevilha e apanhar a A-376. Desde Arcos de la Frontera, a A-372 cruza a serra Grazalema, até Ronda. A A-369 liga Ronda a Algeciras. De todos estes locais, é possível aceder a uma boa rede de estradas locais, que atravessam a serra.

De comboio: a Renfe assegura ligações diárias a partir de Madrid, Ciudad Real e as principais cidades do Oriente Andaluz até Ronda.

Onde ficar?


Hotel El Tajo - Este hotel situa-se no centro de Ronda, onde apresenta quartos elegantes com ar condicionado, televisão por satélite e uma casa de banho privativa. Conta com uma recepção 24 horas e acesso Wi-Fi gratuito em todas as áreas.

Hotel Maestranza - O hotel está situado no coração histórico e comercial da cidade, de frente para a praça de touros mais antiga do mundo, onde nasceram as touradas.

 

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Promoção: Lisboa - São Miguel 7 noites ★★★★ - Desde 215€

São Miguel é a maior das Ilhas do Arquipélago dos Açores, é apelidada muitas vezes de “Ilha Verde”, pela beleza e extensão das suas pastagens e paisagens naturais.


Conhecida pelas suas Lagoas e outros fenómenos naturais, como o Vale das Furnas inebriado pelo vapor das suas caldeiras vulcânicas e pela maravilhosa lagoa, ou as grandes crateras das Sete Cidades e do Fogo, que apresentam deslumbrantes lagoas de águas cristalinas.



De origens vulcânicas, ainda hoje se encontram fontes de água quente e fumarolas, bem evidentes nas Furnas e na Ribeira Norte, permitindo uma temperatura tal que é possível cozinhar o típico cozido, numa panela debaixo do solo e por longas horas - certamente uma iguaria a não perder.
 



Partida a 1 de Dezembro:

Voo + 7 noites de hotel em Alojamento e pequeno-almoço - 250€

Hotel VIP Executive Azores - Fica a escassos 3 km de dois dos principais ex-líbris locais: Universidade dos Açores e Porto de Ponta Delgada. Este hotel de 4 estrelas fica ainda nas imediações de outros pontos de interesse, entre os quais Museu Carlos Machado e Convento de Nossa Senhora da Esperança. Sinta-se em casa num dos 229 quartos com ar condicionado e um minibar (com alguns produtos grátis). O acesso à internet sem fios grátis permite-lhe ficar sempre em contacto. Ao final do dia, assista a uma seleção de canais por cabo. As casas de banho privativas com uma combinação polibã/banheira, estão equipadas com uma banheira de imersão total e um chuveiro fixo.




Voo + 7 noites de hotel em Alojamento e pequeno-almoço - 215€

Pestana Bahia Praia Nature & Beach Resort - Juntamente com a ilha de Santa Maria, São Miguel forma o Grupo Oriental do Arquipélago dos Açores. Este é um resort com uma forte ligação à água. Quer pela proximidade ao oceano, quer também pela grande piscina de água doce ao ar livre. Todos os espaços deste hotel de 4 estrelas foram criteriosamente planeados, a fim de garantir o bom gosto e a elegância em comunhão com o ambiente. Os quartos têm varanda e vista panorâmica sobre o mar, mas também sobre a serra. Guarde algum tempo para contemplar a beleza que o rodeia.​



 

Promoção: Lisboa - Funchal 7 noites ★★★ Desde 255€

A pérola do Atlântico espera por si. Aproveite a promoção e visite este excelente destino de férias que oferece uma experiência única aos visitantes.

A ilha da Madeira é um dos mais belos destinos de férias da Europa. Dispõe de um excelente clima durante todo o ano e uma riquíssima fauna e flora. Aliás, e na exuberância da sua paisagem que se encontra um dos maiores atrativos turísticos da ilha. A sua luxuriante vegetação, cuja floresta indígena foi reconhecida como Património Mundial Natural da Humanidade pela UNESCO, deslumbra qualquer um.




Aproveite para fazer umas excursões pela ilha, umas caminhadas ao longo das levadas, observação de aves, pesca desportiva, passeios de barco, entre outras ofertas.



Um dos prazeres de umas férias numa ilha reside no facto de o mar nunca estar longe. Passe os seus dias a explorar a zona costeira, repleta de falésias majestosas, praias de seixos e piscinas rochosas naturais que atestam as origens vulcânicas da ilha.


Partida a 24 de Novembro:

Voo + 7 noites de hotel em Alojamento e pequeno-almoço - 285€

Partida a 1 de Dezembro:

Voo + 7 noites de hotel em Alojamento e pequeno-almoço - 255€


Hotel:
 
Residencial Queimada De Baixo - Localizada no coração do Funchal, a Residencial Queimada de Baixo oferece alojamento encantador com preços competitivos. Fica perto do mar, praia, restaurantes, supermercados e todos os locais históricos que adorará conhecer na linda cidade do Funchal. Situado num edifício tradicional de estilo insular, o hotel oferece Receção 24h, serviço de lavandaria e engomar, pequeno-almoço continental, serviço de Despertar, marcações para excursões e serviço de aluguer de automóveis, tendo algum estacionamento disponível nas proximidades.



 Jardins d'Ajuda Suite Hotel - Este moderno hotel está situado na exótica ilha da Madeira, a apenas 3 km do centro do Funchal, e a 500 m do mar. Todos os quartos contam com varanda, oferecendo deslumbrantes vistas do mar e das montanhas. O hotel fica a 50 metros do centro comercial Madeira Fórum, com uma série de restaurantes nas imediações. No centro turístico há várias zonas comerciais com boutiques e casas de espetáculo. Este é o hotel ideal para apreciar umas relaxantes férias na deslumbrante e exótica ilha da Madeira.



segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Cayos: Cayo Largo del Sur, Cayo Coco, Cayo Guillermo, Cayo Santa Maria, Ensenachos e Las Brujas

Cuba não é apenas a maior ilha da América Central, mas sim um arquipélago formado por 1.600 ilhas cercadas pelo cristalino mar das caraíbas. Parte delas são cayos, ou seja, ilhas planas e alongadas, com areia branca e, por vezes, rodeadas por recifes de coral. Os mais famosos são o Cayo Largo del Sur, a sul de Havana, e o Cayo Coco, a leste da capital, ambos muito procurados pelas suas praias paradisíacas e bem mais remotas que Varadero.

Cayo Coco / Cayo Guillermo

Ligado à ilha por meio de um caminho artificial, Cayo Coco é o destino de praia mais popular de Cuba depois de Varadero. São cerca de 22 Km de praias de areia branca, perfeitas para a prática de desportos aquáticos.




Embora de menor extensão, Cayo Guillermo tem uma extensão de 13 km quadrados, com seis km de praias acariciadas pelo sol.



Praia Pilar: É uma praia espetacular, localizada na costa oeste do Cayo Guillermo. Conhecida pelas imponentes dunas, de areia suave, das mais altas do Caribe.

Praia Flamingo: Com suas águas cristalinas de cor azul-turquesa e sua reluzente areia, é uma praia pouco explorada de Cayo Coco, onde provavelmente os únicos habitantes sejam as elegantes aves cor-de-rosa que dão o nome a esta praia.

Como chegar?

A maneira mais rápida e mais fácil de chegar, é de avião. Há voos diários desde Havana com duração de um pouco mais de uma hora. As empresas cubanas que voam para os Cayos, são:
CUBAJET e Aerogaviota.

Cayo Coco tem seu próprio aeroporto, não necessita de passar pelo aeroporto principal do arquipélago de Cuba. É o aeroporto internacional de Cayo Coco, que é usado para chegar também a Cayo Guillermo. O aeroporto é pequeno mas recebe aviões diretos da Europa e do Canadá.

Desde o aeroporto, são cerca de 15 minutos de caminho para Cayo Coco, e cerca de meia hora para Cayo Guillermo. Alguns transfers param em todos os hotéis para deixar passageiros.

Há também uma estrada artificial chamada El Pedraplén, com cerca de 17 km que liga a ilha de Cuba com o Cayo.


Onde ficar?

Hotéis em Cayo Guillermo

Sugestão:

Playa Cayo Santa Maria All-Inclusive

Cayo Largo del Sur

Cayo Largo, situa-se no extremo leste do Arquipélago dos Canarreos em frente da costa sul de Cuba. As suas praias de areia branca tornam-no num dos destinos turísticos mais atraentes de Cuba.


Praia Tortuga: As tartarugas marinhas depositam seus ovos nas areias desta praia localizada a nordeste dos principais centros de férias de Cayo Largo.

Praia Mal Tiempo: Desfrute do encanto do isolamento nesta praia remota que oferece inúmeras oportunidades de observação da natureza.

Cayo Iguana: Faça companhia às coloridas iguanas que se deitam sob o sol neste aprazível cayo localizado ao norte de Cayo Largo.

Praia Paraíso: Deleite-se com um coquetel caribenho na areia desta ensolarada praia do sul que conta com um pitoresco barzinho junto da praia.



Praia Sirena: Uma das praias mais belas de Cuba, a extensão da deslumbrante areia branca da Praia Sirena funde-se com as águas azuis do Caribe. Este pitoresco enclave no lado oeste do cayo está perto dos Hotéis “all inclusive” de Cayo Largo e oferece fácil acesso a atividades aquáticas, desde o surf, a vela e os passeios de caiaque.


Como chegar a Cayo Largo?

O acesso a este paraíso perdido no mar das Caraíbas é feito através de voos internos desde Havana, Varadero e Trinidad, com as companhias aéreas Cubana de Aviacion e Aerogaviota. Também há voos internacionais desde Toronto, Montreal, Frankfurt e Milão.

Não é possível chegar lá de barco, n entanto Cayo Largo del Sur tem uma Marina e um famoso centro internacional de mergulho, donde partem barcos privados e turísticos para passeios e excursões.

De Havana ou Varadero, partem excursões um dia para Cayo Largo.


Cayo Sta. María / Ensenachos / Las Brujas

O Cayo Santa Maria, situa-se na zona oeste do Cayo Guillermo e do Cayo Coco. É uma pequena ilha com 16 km de longitude e 2 km de largura, na Baia da Boa Vista, nos arredores da costa norte da ilha principal de Cuba, no arquipélago Jardines del Rey, que foi declarado pela UNESCO como reserva natural devido à sua alta biodiversidade, com inúmeras espécies de singular beleza.



Este Cayo conta com atrativos como: povoação A Estrela, povoação As Dunas, Local de Golfinhos, Cayo Ensenachos, Cayo Las Brujas e a povoação de Caibarén.
As praias estão divididas por recifes de coral que se encontram na superfície. Todas as praias de Cayo Santa María são públicas, com vários quilómetros de praias virgens, águas quentes e pouco profundas.




A zona oeste da ilha está dividida entre a Praia Canyon (400m) Enseada. Ponta Madruguilla (200m) e Enseada Ponta Matamoros (300m). A seção Nordeste está conectada com a praia que leva ao Hotel Sol Cayo Santa Maria. Um pouco mais a leste, está a  Pedra Movida.

Como chegar a Cayo Santa María, Las Brujas e Ensenachos?

Por estrada: Acesso directo à Cayo Santa Maria, Los Ensenachos e Las Brujas é feito através da estrada que passa sobre o mar (conhecido em Cuba como pedraplenes) e se liga com o Circuito do Norte num ponto localizado a 3 km a leste do ponto Caibarien.

De avião: É possível chegar a estes Cayos, através do aeroporto de Cayo Las Brujas, que só suporta aeronaves de pequeno e médio porte. As conexões internacionais são feitas através do Aeroporto Internacional de Santa Clara, situado a 110 km (uma viagem de uma hora e 15 minutos). Recebe voos do Canadá e Europa.


As melhores ofertas de viagens em Cayo Santa María

Quando ir a Cuba?

A melhor época para visitar Cuba é durante a estação seca, ou seja, entre novembro e abril. As temperaturas são mais amenas e a humidade é menor. Os dias são normalmente de céu limpo, com calor e sol.

Entre agosto e setembro, a precipitação e abundante e probabilidade de ocorrência de furacões é maior.

Nos meses restantes, as temperaturas continuam a ser elevadas e com chuva frequente.


Ofertas:

Cuba, 9 Dias - Havana e Cayo Santa Maria - Ao seu gosto com estadia em praia

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...