Translate

Promoção

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Roteiro: 5 dias na ilha da Madeira

A Madeira é um excelente destino de férias durante todo o ano, oferecendo uma experiência única aos visitantes. A Madeira dispõe de uma deslumbrante costa rochosa, um dramático interior montanhoso.
Madeira pode não ser o mais famoso dos destinos turísticos, mas é um local ideal para os amantes de aventura de beleza natural. Este guia irá fornecer um passeio de cinco dias pela ilha.

1º e 2º dia – Aproveite para explorar o Funchal.

Visite o Mercado dos Lavradores, uma verdadeira explosão de cor e sensações únicas, para observar a venda de flores, legumes, frutas tropicais, bem como as diversas variedades de peixe da ilha; uma Fábrica de Bordados tradicionais da Madeira e uma Adega de Vinhos da Madeira para degustar os vários tipos de vinhos regionais. Aproveite para passear pelas artérias mais emblemáticas do Funchal como, a Praça do Município, Igreja do Colégio, um dos mais interessantes exemplares artísticos deixados pelos Jesuítas em Portugal, a Sé Catedral e a Avenida Arriaga.





Visitar o Jardim Botânico, onde se pode observar plantas de todo o mundo, e o Museu de História Natural.


No dia seguinte, seguir em direção às freguesias das Romeiras, Vasco Gil e Estrela que proporcionam as mais espetaculares vistas sobre o interior da Ilha. No Miradouro da Eira do Serrado a 1094m, observa-se a povoação do Curral das Freiras, situada no interior de uma enorme cratera de um vulcão extinto.
Continuação para a Freguesia do Monte, para visita á Igreja de Nossa Senhora do Monte. Aproveite para poder desfrutar de uma descida nos tradicionais “carros de cestos”, tão tradicionais da Madeira.




Regressar à Cidade do Funchal fazendo a descida em Teleférico, onde se poderá ter uma panorâmica geral sobre toda a Cidade do Funchal.

3º dia - Câmara de Lobos /Cabo Girão / Porto Moniz

Sair em direção a Câmara de Lobos, uma bonita aldeia piscatória situada a oeste do Funchal onde é possível observar os barcos coloridos sendo puxados para as pedras escuras da praia.
Seguir ao longo da costa sul em direção ao Cabo Girão, considerado o segundo Promontório mais alto do Mundo e o maior da Europa, com 580 metros.




Continue a viagem até à Vila da Ribeira Brava, com a sua Igreja de S. Bento e o seu mercado, prosseguindo em direção a Porto Moniz, uma vila piscatória muito conhecida pelas suas piscinas naturais, através do planalto mais alto da ilha, Paul da Serra, a 1500 metros de altitude, com passagem pela Ponta do Sol e pela Calheta, onde se encontra a melhor praia de areia.



A Calheta e a Ribeira Brava oferecem um fácil acesso ao interior da ilha, com belos trilhos para caminhadas em redor da aldeia do Rabaçal.




O regresso será efetuado pela Encumeada, a montanha que separa a costa norte da costa sul. Aproveite para parar no Miradouro Véu da Noiva, onde pode contemplar uma majestosa queda de água, e observar a antiga estrada escavada na rocha, agora não recomendada ao trânsito. Passando por São Vicente, atravesse a famosa floresta Laurissilva (classificada pela UNESCO, como Património Mundial da Humanidade).




4º dia – Camacha / Pico do Areeiro / Santana / Machico

Sair em direção a Camacha, local conhecido pela indústria do vime e pelo seu folclore. Em seguida suba ao Pico do Areeiro, o terceiro cume mais alto da ilha (1.818m de altitude) de onde pode desfrutar de uma vista soberba sobre a costa norte e sul e da Ilha.





Descendo por estradas florestais, chega ao Ribeiro Frio, para visitar o viveiro de trutas, seguido de um estimulante passeio a pé durante 45 minutos ao longo de uma levada, terminando no Miradouro dos Balcões. As levadas, são canais de irrigação de capital importância para a economia da ilha, permitem uma invulgar comunhão com a natureza.



Continue o passeio até Santana, conhecida pelas casas cobertas de colmo, uma das imagens tradicionais da ilha. Visite o Parque Temático da Madeira, único em Portugal, é um fantástico recinto de exposições, dedicado à história, à ciência e à tradição do Arquipélago da Madeira. Dê largas à imaginação e embarque numa viagem de descoberta pela Madeira e Porto Santo, pela sua história, cultura e tradições das suas gentes, vibrando com a beleza invulgar deste imenso Parque-Jardim.


Visite a vila piscatória do Caniçal e a cidade do Machico, que dispõe de uma das melhores praias da Madeira e foi o local onde aportou em 1425 o descobridor João Gonçalves Zarco.



5º dia - Funchal e Fim da viagem

Aproveite para passear pelas ruas do centro histórico do Funchal e fazer as últimas compras.


Quando ir?

A melhor época para visitar a Madeira são a primavera e o verão, entre Março e Setembro, no entanto o clima ameno da ilha torna a visita agradável todo o ano.



Como ir?

Para chegar à Madeira, a forma mais usada é por via aérea pois os voos com destino ao Aeroporto Internacional do Funchal são frequentes e são facilmente acessíveis um pouco de toda a Europa. O Porto do Funchal faz parte da rota dos grandes navios de cruzeiro. Assim, poderá chegar à Madeira a bordo de um destes navios.

A partir da Ilha da Madeira, poderá também deslocar-se à Ilha do Porto Santo de barco, no ferry Lobo Marinho ou, se preferir, de avião na companhia de aérea SATA. No verão, existem alguns voos charter directos para o Porto Santo provenientes da Europa assim como de Lisboa.


Como ir do Aeroporto da Madeira para o Funchal

À chegada dispõe de autocarros, táxis, transferes privados e automóveis de aluguer que pode utilizar para chegar ao seu destino final.

Autocarros: Aerobus e Linhas Regulares - O Aerobus é um serviço de autocarro expresso, realizado pela empresa SAM (Sociedade de Automóveis da Madeira), que faz a ligação entre o aeroporto e diversos locais e hotéis na Madeira (direcção Funchal – Praia Formosa).
No total, o itinerário tem 20 paragens incluindo a Estrada Boa Nova, Rua Ribeiro João Gomes, Rua do Anadia, Av. do Mar, Av. Arriaga, Estrada Monumental, e Praia Formosa. O tempo de viagem é de aproximadamente 45 minutos.
A paragem do Aerobus está localizada à saída da zona das chegadas. O bilhete simples de adulto custa 5€ e bilhete o de ida e volta 8€. O bilhete criança (1 aos 6 anos) custa 2,50€.


Os autocarros urbanos que passam pelo Funchal são o 20, 53, 78, 113 e 156, dependendo do momento do dia. O bilhete para a cidade do Funchal custa 2€.

Táxis - é o meio de transporte mais cómodo para chegar ao centro do Funchal ou outra localidade da ilha, principalmente se transportar várias peças de bagagem.
A praça de táxis do aeroporto da Madeira está situada na zona de chegadas (piso 0).
Uma corrida de táxi entre o aeroporto e a cidade do Funchal custa em média 20€, sendo que o taxímetro deve marcar 4€ no início da viagem.
Todos os táxis cobram um serviço adicional de 20% nos dias úteis durante o período noturno (entre as 21h e as 6h), bem como aos sábados, domingos e feriados. O transporte de bagagem ou animais está sujeito ao pagamento de um valor adicional de 1,50€.


Rent-a-car - quem chega à Madeira frequentemente opta pelo aluguer de automóvel. Os balcões das empresas de rent-a-car estão localizados no piso 0, após a saída da área de recolha de bagagens.
A Avis, Hertz, Europcar, Goldcar, Sixt, Rodavante e Guerin são algumas das empresas que oferecem serviços no aeroporto da Madeira.


Transferes Privados - A empresa Madeira Airport Transfers oferece um serviço especializado de e para o aeroporto para transporte entre 1 e 8 pessoas.
O transfer para o Funchal custa 20€ (até 2 pessoas) e o pagamento é feito diretamente ao motorista.
A empresa oferece ainda transporte para outros locais da ilha, a preços diferenciados, com serviços para o Caniço, Cabo Girão, Calheta, Camacha, Monte, Ponta Delgada, entre outros destinos.



Sem comentários :

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...